BEST SHOT

22.04.2016

IMG_1252IMG_1248 IMG_1255IMG_1258IMG_1249  

Oiiiii,

Gente, sabe quando você tem tanta coisa pra fazer que acaba não fazendo nada? Eu to nessa situação e não to curtindo muito.

Minhas principais responsabilidades do momento são: faculdade, trabalho, gc e noivado. Todas elas exigem muito tempo e dedicação e tá sendo um pouco difícil saber o que fazer, o que priorizar a cada momento.

To realmente buscando sabedoria pra conseguir me organizar e dar conta de tudo! Hoje já preenchi minha agenda com vários compromissos pra próxima semana. Talvez se eu dividir esses grandes compromissos em pequenos compromissos me ajude a desafogar um pouco. Porque pensar neles todos como grandes tá me bloqueando.

Então faculdade agora é fazer tal relatório, meu trabalho é planejar as aulas de segunda, noivado é visitar fornecedor tal e gc é ter tempo de qualidade com duas meninas.

Vou tentar fazer dessa forma e ver o que acontece.

Alguém mais passando por isso? O que ajuda a cumprir tudo?

 

Photos by @leosoaresphoto

TIE THE KNOT

18.04.2016

IMG_1193IMG_1199IMG_1196IMG_1214IMG_1187IMG_1202IMG_1213IMG_1203IMG_1207IMG_1217IMG_1204IMG_1186 11.04.16

Essa é uma data que eu nunca vou esquecer, pois foi o dia que o Isaac (aka amor da minha vida) me pediu em casamento.

Tudo começou na semana anterior ao dia, quando ele me falou que teria ensaio na segunda. Até então nada de estranho até porque ele é o líder do louvor.

No sábado, minha irmã manda uma mensagem no grupo da família marcando um jantar para segunda-feira. Ela disse que tinha um anúncio a fazer sobre uma proposta que ela e o Leo (esposo dela) haviam recebido. Logo que eu li a mensagem pensei que ela estava grávida ou que ela ia se mudar pra Natal, porque justo naquele fim de semana o Thiago (pastor da Videira Natal) estava aqui.

Eu respondi a mensagem dizendo que o Isaac teria ensaio na segunda, o que provavelmente faria ele se atrasar ou até nem ir. Mas sabe aquele sentimento estranho que as vezes dá? Pois é, senti algo assim que mandei a mensagem.

Nesse mesmo dia (sábado) íamos almoçar eu, Isaac, Lana e Leo. Não me aguentei. Assim que o Isaac entrou no carro eu desabafei sobre meu sentimento estranho e disse: “Amor, eu to muito triste! (Sim, sou dramática.) Eu não queria saber, mas eu sei que tu e a Lana tão maquiando algo pra essa segunda.” Claro que ele gelou, mas conseguiu me contornar dizendo: “Amor, você acha que eu ia te pedir em casamento sem falar com seu pai antes? Eu já tentei marcar com ele várias vezes e ele sempre fura.” Ao que eu disse: “Sério? Verdade. Pior que o papai deu muito trabalho pro Leo também. Ele sempre desmarcava.”

Mas confesso que ainda não estava totalmente convencida. A responsável por me convencer de que não seria segunda foi a artista da minha irmã.

Quando cheguei no almoço, eu falei pra ela que tava meio desconfiada de que essa história do jantar era mó furada. Choquem!!!! Ela começou a chorar e me perguntou: “Por que tudo tem que ser sobre ti? Por que tu tá querendo fazer o meu jantar ser a teu respeito? Agora eu fiquei com vontade de desmarcar porque tu tá estragando todo o clima.”

Gente, eu senti um peso na consciência tão grande por estar sendo egoísta que logo pedi desculpas e disse que segunda ia ser sobre ela. Eu disse que poderia indicar o restaurante, mas ela disse que não queria que eu fizesse parte dessa decisão. A bixa é artista mesmo. Nesse momento ela me teve na mão. Essa história de noivado na segunda realmente saiu da minha cabeça. Também, depois desse teatro todo! Olha, glória a Deus que minha soube fazer cena!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

-

Chegou a segunda. Quando saí do trabalho liguei pra Lana e perguntei se ela já tinha chegado no restaurante. Ela disse: “Já. Rol vem logo pra cá. A gente chegou mais cedo. Amor, pede ai uma água.”. Depois de quase ter estragado o jantar dela, a última coisa que eu queria era chegar atrasada. Comecei a mandar mensagem pro Isaac: “amor, to passando no via sul”, “amor, já subi o viaduto”, “amor, cheguei”.

Ele me responde pedindo pra eu descer  rapidinho pra explicar um detalhe sobre os sapatos das meninas do louvor. Mas claro que eu não podia me atrasar pro jantar!!! Então peguei meu celular e gravei um áudio pra ele mostrar pras meninas: “oi meninas, só não vou descer porque eu e o Isaac estamos quase atrasados pra um jantar muito importante. Mas o lance do sapato é super simples é blá, blá, blá…” Mandei e fiquei esperando o Isaac vir pra fora.

Mas quem veio pra fora foi o João Victor do som me chamando lá pra dentro porque o Isaac tava pedindo. Nessa hora, eu fiquei com MUITA raiva do Isaac. Será que não tinha outro momento pra eu explicar o sapato pras meninas? Tinha que ser justo no dia do jantar da Lana? Eu já tinha dito que não queria chegar atrasada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quando eu entro na igreja a Thays Saldanha me recebe segurando uma câmera na mão. Achei esquisito, mas como ela também é do louvor, não desconfiei. Achei que ela ia me levar pro local da reunião. Mas não. Ela me leva bem pro meio da igreja e quando eu olho pra tela tinha escrito: “Você estava certa. Hoje não teve ensaio. A Lana não está grávida e nem vai se mudar.”

Pronto, comecei a chorar! Isso realmente tá acontecendo??? Meu Deus isso é tão além do que eu poderia ter imaginado. É de verdade mesmo? Choro e mais choro e mais choro.

Começa a passar nossas fotos no telão ao mesmo tempo que começa a tocar The way you look tonight do Tony Bennentt. Nesse momento um príncipe aparece no palco com um violino. (Ele ainda não tinha aparecido até esse momento.) Então ele toca violino lindamente por cima da música de fundo.

Eu fiquei bem quietinha chorando e admirando o amor da minha vida tocar pra mim. Aff, como eu sou apaixonada por ele.

Quando acaba a música ele me chama lá pra cima do palco, se declara, se ajoelha e me pede em casamento.

Claro que eu disse SIM.

 

Ps: Lana, Leo e papai também estavam na igreja. Que dia dia mais lindo.

WHITE LIGHT

04.04.2016

IMG_1801IMG_1803IMG_1796IMG_1806IMG_1824IMG_1807 Dress: Forever 21 / Shoes: H&M

Gente,

Tenho refletido bastante sobre como nós temos poder pra mudar nossas circunstâncias. Sério mesmo. É verdade que muitas vezes não controlamos o que acontece ao nosso redor, mas sem dúvidas podemos controlar nossa reação ao que nos cerca.

Eu tive uma experiência na prática. Tava tendo um dia ruim, com muitas dúvidas na cabeça, desabafei, chorei, mas resolvi que ainda poderia terminar aquele dia da melhor forma possível. Dei meu melhor no trabalho e terminei o dia com uma satisfação profunda.

As pessoas acreditam erroneamente que somos controlados por sentimentos. Mas isso não é verdade. Você é controlado por aquilo que você permite te controlar. Muitas vezes permitimos que os sentimentos tomem conta, mas eu tenho certeza que você já foi movido por força de vontade e por pura decisão racional. Sabe quando? Quando você resolveu ir pra academia mesmo sentindo preguiça. Quando você resolveu acabar um relacionamento que te fazia mal mesmo que você sentisse amor. Quando você resolveu ter fé quando todos já tinham perdido a esperança.

Eu amo sentir e sentir com intensidade. Mas não posso me limitar à vontade dos meus sentimentos. Somos muito mais que isso. Se você quiser ter um dia pra cima hoje, você pode! Decida! Aja! Viva!

 

Photos by @leosoaresphoto

CAPPUCCINO

28.03.2016

IMG_2957 IMG_2982IMG_2969IMG_2999Look: Pull&Bear

Gente,

Passando aqui só pra dizer que finalmente terminei de ler o livro “Jesus é” do Judah Smith. Esse livro realmente me tirou da zona de conforto em muitos aspectos. Mudou minha forma de enxergar meu relacionamento com Deus e consequentemente com as pessoas.

Eu acredito ser uma leitura indispensável para todo mundo. Tanto cristãos quanto não, pois todos deviam pelo menos ter o verdadeiro entendimento de Jesus antes de decidir se quer acreditar nele ou não. Mas ter uma noção ou ter ouvido falar não é suficiente para decidir sobre alguém que pode mudar sua vida.

Jesus é tão além do nosso entendimento. Esse livro ajuda bastante a entender o quanto ele é amor. Nossa mente limitada acha mais fácil colocar Jesus dentro de uma caixa chamada religião. É mais fácil achar que você tem acesso a Ele se você seguir uma dúzia de regras. Mas você vai ficar chocado de ver que Jesus não tem nada a ver com isso. Sério.

Dá uma chance de conhecer quem Jesus realmente é. Você não vai se arrepender de conhecer mais (sobre) Ele.

 

Photos by @leosoaresphoto

WHEN IN DOUBT

17.03.2016

IMG_6181IMG_6182 IMG_6174IMG_6183IMG_6195IMG_6180Camisão: Forever 21 / Calça: H&M / Rasteirinha: Zara

Gente,

Vocês sempre tiveram certeza do que queriam trabalhar na vida? Eu acho muito legal aquelas pessoas que nascem sabendo exatamente o que elas vão fazer. É como se só existisse uma opção mesmo.

Quando eu era adolescente eu tinha certeza que ia ser advogada. Certeza absoluta. Até que no terceiro semestre do curso eu vi que não era bem aquilo. Mas quem disse que eu tive coragem de trocar de curso? Ainda fiz mais dois semestre até que finalmente decidi mudar para administração. Essa escolha não foi fácil, pois amo moda e amo jornalismo também. Hoje em dia ficaria em dúvida até com relação a fazer nutrição. Depois de muito pensar, optei pela ADM por ser um curso mais amplo e que me daria inúmeras possibilidades.

Graças a Deus eu vejo que escolhi o curso certo. Ele realmente me dá muitas opções de emprego. Atualmente eu não trabalho na minha área. Eu sou professora de inglês da Cultura Inglesa. Realmente fico realizada dando aula para adultos. Mas ao mesmo tempo também quero atuar na minha área. Já pensei em trabalhar em alguma marca, montar uma marca, quem sabe ir direto pro mestrado. Jesus, são tantas possibilidades. O bom é que o emprego de professora é muito flexível em termos de horário. Então acredito que sempre vou estar conciliando o ser professora com o ser alguma outra coisa que ainda não descobri. Sinto que pelo menos já estou meio caminho andado. Achei um emprego que me traz satisfação, mas ainda não me aquietei. Sinto que o ser professora vai um mais além pra mim.

Resolvi ir dando um passo de cada vez. Ficar parada esperando a vida acontecer não é solução para mim. Eu gosto de ir tentando, de ir me descobrindo. Tem gente que nasceu pra ser “multi-coisas” e eu não acho que tem nada errado com isso. A vida é uma jornada e atualmente com as inúmeras opções do mercado de trabalho, eu vejo que todas as áreas da vida também são uma jornada (profissional, emocional, financeira e etc). Vamos dando um passo de cada vez. E mais importante de tudo, não vamos permitir que o medo nos iniba de caminhar na direção do nosso desenvolvimento e autoconhecimento.

Continuo na busca da minha outra metade profissional. Como foi pra vocês essa decisão? Vocês sempre souberam? Demoraram para encontrar um emprego que traz realização? Ainda estão na busca?

Ia amar receber esse feedback de vocês.

Beijos.

DARE TO LIVE

14.02.2016

IMG_2903IMG_2909

IMG_2910IMG_2897IMG_2913IMG_2921Vestido: Pull&Bear / Plataforma: Melissa / Bolsa: Zara

Vi ontem o Isaac (meu namorado) pela primeira vez depois de 15 dias que ele tava viajando. Ele passou a tarde me contando as aventuras dele em Israel até que, de repente, o assunto se voltou pra mim. Realmente não lembro como essa pauta chegou até nós, mas sei que o assunto tem me movido por dentro como há muito tempo não acontecia.

De forma resumida o Isaac me desafiou. Ele foi lançando propostas pra minha vida que me tiram da zona de conforto por completo. Ele simplesmente não quis me deixar “settle” e ir pelo caminho mais cômodo. Não me entenda mal, esse caminho está me trazendo muitas realizações, mas não tem me tirado da zona de conforto.

Eu acredito que tem pessoas que são felizes vivendo uma vida segura e cômoda. Porque isso também pode trazer muita realização.

Mas eu acredito demais que tem pessoas que nasceram para viver uma aventura. Nasceram para viver constantemente fora da zona de conforto, com aquele frio na barriga de emoção, sabe? Pode até soar exaustivo, mas vocês conseguem imaginar a realização pessoal de alguém que vive assim? Se você é essa pessoa, não há comodidade no mundo que irá te satisfazer.

Eu tenho pensado… Quando vamos viver de novo? Sério. Se é pra viver coisas novas, se é pra realizar sonhos, se é pra dizer NÃO pro medo e fazer algo que tá no seu coração, o momento é agora. Talvez nem tudo dê certo. Ok. Mas o que de fato der certo, por termos nos desafiado vão nos deixar sem palavras, vão nos fazer perguntar ” isso aconteceu mesmo?”, vão nos fazer dar aquela gargalhada de “caraca, eu fiz isso”.

Tudo bem que o Isaac me desafiou sobre coisas grandes da vida. Mas acredito que essa atitude de viver fora da zona de conforto pode ser manifestada em pequenas coisas também. Como pedir um prato diferente quando for a um restaurante, testar fazer um prato, surpreender uma pessoa especial, se aproximar de uma pessoa que você admira, enfim, acho que no seu coração você sabe em que você deve arriscar.

O que muitas vezes nos falta é só acreditar que há mais em nós do que conseguimos enxergar. As vezes nós mesmos nos limitamos, né? Por isso que eu to tão grata pela vida do Isaac, por ele ver tanto em mim ao ponto de me desafiar para mais!!!! Eu quero viver o extraordinário de cada dia e dizer sim pros desafios de cada dia. Só Deus sabe que portas esse “sim” vai abrir.

Eu sei que eu não sou a única que tem esse desejo lá dentro. Por isso escrevi esse post. Talvez dê um medinho arriscar, mas vai valer a pena. Quando der certo vai nos deixar felizes da vida e quando não der certo vai nos mostrar que podemos arriscar até mais, porque fracasso não é o fim do mundo. Como eu me cobro muito, essa segunda lição é a que eu mais preciso aprender.

Qual tipo de pessoa você é? Se você é do estilo que curte mais a segurança, te encorajo a seguir esse caminho com determinação. Se você é do estilo que curte o extraordinário, eu preciso te encorajar a ir atrás disso. Não vamos deixar o medo nos impedir de viver! Não vamos nos limitar! Vamos viver, desbravar, tentar, arriscar, fracassar, aprender e suceder.

Então… Qual vai ser o desafio de hoje?